Teses - História da Educação Matemática (1990 - 2019)

Nessa subseção estão incluídas produções doutorais que abordam histórias sobre trajetórias (vida, formação, produções obra e professores de matemática) e suas contribuições para a melhoria do ensino, história de instituições científicas e escolares e de disciplinas escolares relacionadas à matemática escolar, às memórias e ao patrimônio da Educação Matemática Brasileira.

Ano Autor(a) / Título / Instituição / Orientador(a) Download
2018 CLAUDIA REGINA BOEN FRIZZARINI. SABERES MATEMÁTICOS NA MATÉRIA TRABALHOS MANUAIS: processos de escolarização do fazer, São Paulo e Rio de Janeiro (1890-1960). UNIFESP. Maria Célia Leme da Silva 150
2018 DEOCLECIA DE ANDRADE TRINDADE. AS ARTES DE MEDIR: Saberes matemáticos no ensino primário de São Paulo, 1890-1950. UNIFESP. Maria Célia Leme da Silva 134
2018 Gabriel Soraes Badué. A institucionalização da matemática aplicada na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (1940 - 1970) . UFBA - UEFS - UEPB. Silvia Fernanda de Mendonça Figueirôa 133
2018 JOSIANE ACÁCIA DE OLIVEIRA MARQUES. FARIA DE VASCONCELOS E AS DIRETRIZES DA PEDAGOGIA CIENTÍFICA NA FORMAÇÃO MATEMÁTICA DO PROFESSOR PRIMÁRIO (1909-1960). UPM. Ingrid Hötte Ambrogi 132
2018 Kelly Maria de Campos Fornero Abreu de Lima Melillo. HISTÓRIA DE PRÁTICAS DE ENSINAR-APRENDER MATEMÁTICA NO COLÉGIO TÉCNICO DA UFMG - COLTEC (1969-1997). UFMG. Maria Laura Magalhães Gomes 144
2018 Luiz Carlos Ramassotti. Benedito Castrucci e as suas publicações destinadas ao ensino em geral com ênfase em geometria. UNESP. Irineu Bicudo 121
2018 Marta Figueredo dos Anjos. Dois ensaios sobre a institucionalização da matemática aplicada no Brasi. UNESP. Arlete de Jesus Brito 121
2018 Paulo Roberto Castor Maciel. A Matemática na Escola Técnica Nacional (1942-1965): Uma disciplina diferente?. CEFET RJ. Tereza Fachada Levy Cardoso 126
2018 ROSEMEIRY DE CASTRO PRADO. AS FACULDADES DE TECNOLOGIA DO ESTADO DE SÃO PAULO: um histórico da instituição e aspectos relativos ao ensino de Matemática nela praticado. UNESP. Antonio Vicente Marafioti Garnica 140
2018 WALÉRIA ADRIANA GONÇALEZ CECÍLIO. AVALIAÇÃO DA MATEMÁTICA ESCOLAR: contribuições da Pedagogia da Escola Nova. PUC - PR. Maria Elisabeth Blanck Miguel 115
2017 DANILENE DONIN BERTICELLI. CÁLCULO MENTAL NO ENSINO PRIMÁRIO (1950-1970) – um olhar particular para o Paraná. PUC - PR. Peri Mesquida 112
2017 ELIANE BATISTA DE LIMA FREITAS. SABERES MATEMÁTICOS NO AMAZONAS EM ANOS DA REPÚBLICA VELHA: Estratégias no Café com Leite. REAMEC. Gladys Denise Wielewski 102
2017 Inês Angélica Andrade Freire. Ensino de Ciências Natuarais e Matemática : processos de institucionalização e modernização na década de 1960. UFBA - UEFS . André Luís Mattedi Dias 99
2017 JOSÉ IVANILDO DE LIMA. A MATEMÁTICA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES PARA OS PRIMEIROS ANOS ESCOLARES (RORAIMA, 1940-1990) . UFMT. Wagner Rodrigues Valente 115
2017 KÁTIA GUERCHI GONZALES. FORMAR PROFESSORES QUE ENSINAM MATEMÁTICA: UMA HISTÓRIA DO MOVIMENTO DAS LICENCIATURAS PARCELADAS NO MATO GROSSO DO SUL KÁTIA GUERCHI GONZALES Bauru. UNESP. Antonio Vicente Marafioti Garnica 110
2017 MARCELO BEZERRA DE MORAIS. SE UM VIAJANTE... PERCURSOS E HISTÓRIAS SOBRE A FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA NO RIO GRANDE DO NORTE. UNESP. Antonio Vicente Marafioti Garnica 122
2017 MARCELO FERREIRA MARTINS SALVADOR . O ENSINO DE ARITMÉTICA NA ESCOLA NORMAL DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO: 1889-1932. ANHANGUERA. Ruy César Pietropaolo 103
2017 MARCOS DENILSON GUIMARÃES. POR QUE ENSINAR DESENHO NO CURSO PRIMÁRIO? UM ESTUDO SOBRE AS SUAS FINALIDADES (1829-1950). UNIFESP. Wagner Rodrigues Valente 116
2017 MARCUS ALDENISSON DE OLIVEIRA. A ARITMÉTICA ESCOLAR E O MÉTODO INTUITIVO: Um novo saber para o curso primário (1870 – 1920). UNIFESP. Wagner Rodrigues Valente 108
2017 Maria Eliza Furquim Pereira Nakamura. Ginásios Vocacionais: estudo narrativo sobre uma proposta educacional da década de 1960. UNESP. Antonio Vicente Marafioti Garnica 106
2017 Mariana Moraes Lôbo Pinheiro. Classes experimentais de Matemática e a difusão da experimentação pedagógica na Bahia durante as décadas de 1960 e 1970 Feira de Santana 2017. UFBA - UEFS. Marco Antonio Leandro Batzano 102
2017 MARTHA RAÍSSA IANE SANTANA DA SILVA. A MATEMÁTICA PARA A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DO CURSO PRIMÁRIO: ARITMÉTICA COMO UM SABER PROFISSIONAL, 1920-1960. Tese. UNIFESP. Wagner Rodrigues Valente 102
2017 NARA VILMA LIMA PINHEIRO. A ARITMÉTICA SOB MEDIDA: a matemática em tempos da pedagogia científica. UNIFESP. Wagner Rodrigues Valente 119
2017 Roberto João Eissler. A ARITMÉTICA NA ESCOLA TEUTO-BRASILEIRA: O SABER CONTAR COMO PRINCIPIO. PUC - PR. ROSA LYDIA TEIXEIRA CORREA 95
2017 ROSÁLIA POLICARPO FAGUNDES DE CARVALHO. A ARITMÉTICA NO ENSINO PRIMÁRIO DE BRASÍLIA: 1957-1970. ANHANGUERA. Ubiratan D’Ambrosio 97
2017 Vinicius Mendes Couto Pereira. O desenvolvimento da análise no Brasil - uma caminho sobre o surgimento de uma comunidade matemática no Brasil. UFRJ. GERT SCHUBRING CO-ORIENTADOR: RICARDO KUBRUSLY 94
2017 Waléria de Jesus Barbosa Soares. Uma história da matemática escolar no centro de São Luís no século XIX: livrso autores e instituições. UNICAMP. 88
2016 Adriana de Bortoli. Uma análise do livro de André Perez y Marin: um momento da história da matemática escolar brasileira no início do século XX. UNESP. Marcos Vieira Teixeira 91
2016 ANA RAFAELA CORREIA FERREIRA. A EDUCAÇÃO DE PESSOAS JOVENS E ADULTAS EM BETIM (MG), 1988-2007: PERSPECTIVAS DE EDUCADORES E PROFESSORES DE MATEMÁTICA. UFMG. Maria Laura Magalhães Gomes 87
2016 Antonio Flavio Claras. AS FINALIDADES DA ARITMÉTICA NO ENSINO PRIMÉRIO PARANAENSE - 1903 - 1932. PUC - PR. Neuza Bertoni Pinto 89
2016 Carla Alves de Souza. Circulação e apropriação de ideias em Educação Matemática - aproximações. USP. Antonio Vicente Marafioti Garnica 91
2016 Ciro Nogueira Filho. A COLUNA OLIMPÍADA DE MATEMÁTICA DO JORNAL “O POVO” (1987-1996): ENTRE DOCUMENTOS E NARRATIVAS. UFC. 82
2016 ELMHA COELHO MARTINS MOURA. O ENSINO DE MATEMÁTICA EM DUAS ESCOLAS PROFISSIONALIZANTES: BRASIL E PORTUGAL, NO PERÍODO DE 1942 A 1978. UNESP. Arlete de Jesus Brito 90
2016 INÊS FLORINDA LUÍS BUISSA. MEMÓRIAS DE UM CURSO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA NO INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO DE CABINDA/ANGOLA (1998-2009). UFMG. Maria Laura Magalhães Gomes 82
2016 Marcia Maria Alves de Assis. Matemáticas elementares na Escola Normal de Natal: legislação, programa de ensino, materiais didáticos. UFRN. Iran Abreu Mendes 82
2016 RAFAEL JOSÉ ALVES DO REGO BARROS. PESQUISAS SOBRE HISTÓRIA E EPISTEMOLOGIA DA MATEMÁTICA Contribuições para abordagem da matemática no Ensino Médio. UFRN. Iran Abreu Mendes 85
2016 RAFAELA SILVA RABELO. Destinos e Trajetos: Edward Lee Thorndike e John Dewey na formação matemática do professor primário no Brasil (1920-1960). USP. Diana Gonçalves Vidal Coorientador: Prof. Dr. Wagner Rodrigues Valente 85
2016 Silvio Luiz Martins Brito. O ensino da aritmética nas escolas paroquiais católicas e no Ginásio Nossa Senhora da Conceição de São nos séculos XIX e XX sob a óptica dos jesuítas. ULBRA. Arno Bayer 81
2016 VANESSA MOREIRA CRECCI. DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DE EDUCADORES MATEMÁTICOS PARTICIPANTES DE UMA COMUNIDADE FRONTEIRIÇA ENTRE ESCOLA E UNIVERSIDADE. UNICAMP. Dario Fiorentini 84
2016 TARCÍSIO LUIZ LEÃO E SOUZA. . . 85
2016 Viviane de Oliveira Santos. Uma história da Sociedade Brasileira de Matemática durante o período de 1969-1989: criação e desenvolvimento. UNESP. Sergio Roberto Nobre 86
2015 Adriel Gonçalves Oliveira. Memórias das Aritméticas da Emília: o ensino de aritmética entre 1920 e 1940. UNESP. Arlete de Jesus Brito 87
2015 Angélica Raiz Calábria. Francisco Antonio Lacaz Neto (1911-1991): um estudo bibliográfico. UNESP. Sergio Roberto Nobre 87
2015 Carla Regina Mariano da Silva. Uma, Nove ou Dez Narrativas sobre as Licenciaturas em Ciências e Matemática em Mato Grosso do Sul. UNESP. Antonio Vicente Marafioti Garnica 79
2015 CARLOS EDUARDO FÉLIX CORREIA. O ESTRUTURALISMO EM LIVROS DIDÁTICOS: SMSG E MATEMÁTICA - CURSO MODERNO. UNESP. Arlete de Jesus Brito. 80
2015 Eudes Barroso Junior. O instituto cearense de matemática (1954-1960): a origem do instituto de matemática da UFC. UNESP. Sergio Roberto Nobre 81
2015 Fernando Guedes Cury. Uma história da formação de professores de matemática e das instituições formadoras do estado do Tocantins. UNESP. Antonio Vicente Marafioti Garnica 81
2015 IARA DA SILVA FRANÇA. DO GINÁSIO PARA AS ESCOLAS NORMAIS: AS MUDANÇAS NA FORMAÇÃO DE MATEMÁTICA DE PROFESSORES DO PARANÁ (1920 - 1936). PUC - PR. Neuza Bertoni Pinto 86
2015 LENIRA PEREIRA DA SILVA. MATEMÁTICA A DISTÂNCIA NO BRASIL EM SUAS ORIGENS: UMA VISITA AO CURSO DE ARITMÉTICA COMERCIAL DA UNIVERSIDADE DO AR (1947-1961). UNIBAN. Ubiratan Dambrósio 71
2015 Malcus Cassiano Kuhn. O ensino da matemática nas escolas evangélicas luteranas do Rio Grande do Sul durante a primeira metade do século XX. ULBRA. Arno Bayer 73
2015 Monica Meneses de Sousa. Uma história do departamento de matemática da Universidade de Brasília - UNB: 1962-1972. ANHANGUERA. Aparecida Rodrigues Silva Duarte. 66
2015 Rosilda dos Santos Morais. O processo constitutivo da Resolução de Problemas como uma temática da pesquisa em Educação Matemática – um inventário a partir de documentos dos ICMEs. UNESP. Lourdes de la Rosa Onuchic 64
2015 SÉRGIO CANDIDO DE GOUVEIA NETO. A MATEMÁTICA CONTÁBIL: DAS LIDES COMERCIAIS PARA OS CURSOS SECUNDÁRIOS TÉCNICOS E SUA TRANSFORMAÇÃO EM SABER ACADÊMICO NO BRASIL (1808-1970). UNESP. Marcos Vieira Teixeira 69
2015 SONIA REGINA COELHO. A ESCOLA MIXTA DA CACHOEIRA GRANDE EM PRESIDENTE PRUDENTE: Um panorama histórico. UNESP. Ubiratan Dambrósio 66
2014 Cristiane Borges Angelo. CENÁRIO DA PRODUÇÃO ACADÊMICA EM HISTÓRIA DA MATEMÁTICA NO ENSINO DE MATEMÁTICA: UMA ANÁLISE REFLEXIVA DAS TESES E DISSERTAÇÕES (1990 a 2010). UFRN. Iran Abreu Mendes 72
2014 DIOGO ALVES DE FARIA REIS. HISTÓRIA DA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE MATEMÁTICA DO ENSINO PRIMÁRIO EM MINAS GERAIS: ESTUDOS A PARTIR DO ACERVO DE ALDA LODI (1927 A 1950). UFMG. Maria Laura Magalhães Gomes 71
2014 ELENIR TEREZINHA PALUCH SOARES. ZOLTAN PAUL DIENES E O SISTEMA DE NUMERAÇÃO DECIMAL NA CULTURA ESCOLAR PARANAENSE (1960 - 1989). PUC - PR. Neuza Bertoni Pinto 66
2014 FILIPE SANTOS FERNANDES. A QUINTA HISTÓRIA: COMPOSIÇÕES DA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA COMO ÁREA DE PESQUISA. UNESP. Antonio Vicente Marafioti Garnica 66
2014 Henrique Marins de Carvalho. O instituto tecnológico de aeronáutica na história da matemática no Brasil. UNESP. Sergio Roberto Nobre 68
2014 Larissa Pinca Sarro Gomes . ENTRE A EXPOSIÇÃO E A DESCOBERTA: a coleção Matemática e as práticas escolares relacionadas à sua utilização no Instituto Nossa Senhora da Piedade. UNICAMP. Maria Angela Miorim 73
2014 LUCAS NUNES OGLIARI. O CONTEÚDO DE FUNÇÕES NA ESCOLA: RASTROS DOS MOVIMENTOS DE REFORMA NOS LIVROS DIDÁTICOS DE MATEMÁTICA DO ENSINO FUNDAMENTAL. PUC - RS. MARCOS VILLELA PEREIRA 70
2014 MARILIZA SIMONETE PORTELA. AS CARTAS DE PARKER NA MATEMÁTICA DA ESCOLA PRIMÁRIA PARANAENSE NA PRIMEIRA METADE DO SÉCULO XX: CIRCULAÇÃO E APROPRIAÇÃO DE UM DISPOSITIVO DIDÁTICO PEDAGÓGICO. PUC - PR. Neuza Bertoni Pinto 74
2014 MARLOS GOMES DE ALBUQUERQUE. DA FORMAÇÃO POLIVALENTE AO MOVIMENTO DA Educação Matemática: uma trajetória histórica da Formação de Professores de Matemática na Universidade Federal de Rondônia em Ji-Paraná (1988-2012). UFMT. José Luiz Magalhães de Freitas 83
2014 Mônica de Cássia Siqueira Martines. Primeiros Doutorados em matemática no Brasil: uma análise histpórica. UNESP. Sergio Roberto Nobre 67
2014 Neivaldo Oliveira Silva . Educação Matemática no Pará, Genealogia, institucionalização e Traços Marcantes. UFPA. Tadeu Oliver Gonçalves 59
2013 Adriano Vargas Freitas. Educação Matemática e a Educação de Jovens e Adultos: estado da arte de publicações em periodicos (2000 a 2010). PUC - SP. Célia Maria Carolino Pires 58
2013 ANTONIO MAURICIO MEDEIROS ALVES. A MATEMÁTICA MODERNA NO ENSINO PRIMÁRIO GAÚCHO (1960-1978): UMA ANÁLISE DAS COLEÇÕES DE LIVROS DIDÁTICOS ESTRADA ILUMINADA E NOSSA TERRA NOSSA GENTE. UFPel. Eliane Peres 62
2013 ELINE DIAS MOREIRA. UM OLHAR SOBRE A HISTÓRIA DA MATEMÁTICA NO BRASIL DO DESCOBRIMENTO À “ESCOLA RURAL TERTULIANO DIAS MOREIRA”. UNIAN. Ubiratan D’Ambrosio 62
2013 FRANCISCO DE OLIVEIRA FILHO. A MATEMÁTICA DO COLÉGIO: LIVROS DIDÁTICOS E HISTÓRIA DE UMA DISCIPLINA ESCOLAR. ANHANGUERA. Ubiratan D’Ambrosio 59
2013 MARTHA WERNECK POUBEL. Os Primeiros Processos Censitários Brasileiros e o Desenvolvimento da Matemática-Estatística no Brasil de 1872 a 1938. UFES. Ligia Arantes Sad 67
2013 REGINALDO RODRIGUES DA COSTA. A CAPACITAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DOS PROFESSORES QUE ENSINAVAM MATEMÁTICA NO ESTADO DO PARANÁ AO TEMPO DO MOVIMENTO DA MATEMÁTICA MODERNA - 1961 A 1982. PUC - PR. Neuza Bertoni Pinto 67
2012 Barbara Winiarski Diesel Novaes. O MOVIMENTO DA MATEMÁTICA MODERNA EM ESCOLAS TECNICAS INDUSTRIAIS DO BRASIL E DE PORTUGAL : IMPACTOS NA CULTURA ESCOLAR . PUC - PR. Neuza Bertoni Pinto 65
2012 Denise Medina de Almeida França . DO PRIMÁRIO AO PRIMEIRO GRAU: AS TRANSFORMAÇÕES DA MATEMÁTICA NAS ORIENTAÇÕES DAS SECRETARIAS DE EDUCAÇÃO DE SÃO PAULO (1961 - 1979). USP. CELIA HANNA MATE 62
2012 DIOGO FRANCO RIOS . MEMÓRIAS DE EX-ALUNOS DO COLÉGIO DE APLICAÇÃO DA UNIVERSIDADE DA BAHIA SOBRE O ENSINO DA MATEMÁTICA MODERNA: A CONSTRUÇÃO DE UMA INSTITUIÇÃO MODERNIZADORA. UFBA - UEFS . André Luis Mattedi Dias 61
2012 EDNA SAKON BANIN . Narrativas e Crônicas das Práticas de Ensino da Escola Municipal Agrícola de Rio Claro (1986-2006). UNESP. Antonio Carlos Carrera de Souza 67
2012 ELIENE BARBOSA LIMA . MATEMÁTICA E MATEMÁTICOS NA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO: ITALIANOS, BRASILEIROS E BOURBAKISTAS (1934-1958). UFBA. André Luis Mattedi Dias 68
2012 GLORIA MARIA ALVES RAMOS. UMA HISTÓRIA DO ENSINO DA MATEMÁTICA NAS SÉRIES INICIAIS DO COLÉGIO PEDRO II (1984 – 2009). UNIBAN. Ubiratan Dambrósio 74
2012 José Lamartine da Costa Barbosa. História da matemática: indícios de uma práxis didático-pedagógica na primeira década do século XXI. UFBA - UEFS - UEPB. Rômulo Marinho do Rêgo Co-orientador: Prof. Dr. Jonei Cerqueira Barbosa 63
2012 LUCIANA SCHREINER DE OLIVEIRA ZANARDI. O TRÂNSITO DE PROFESSORES DURANTE O PROCESSO DE CRIAÇÃO DA UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO (UNESP): A QUESTÃO DOS RESSENTIMENTOS. UNESP. Antonio Carlos Carrera de Souza 58
2012 Miguel Chaquiam. Guilherme de la Penha Uma história do seu itinerário intelectual em três dimensões. UFRN. Iran Abreu Mendes 77
2012 Maria Edineia Martins-Salandim. A interiorização dos cursos de matemática no estado de São Paulo: Um exame da dpecada de 1960. UNESP. Antonio Vicente Marafioti Garnica 64
2011 Déa Nunes Fernandes. SOBRE A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA NO MARANHÃO: CARTAS PARA UMA CARTOGRAFIA POSSÍVEL. UNESP. Antonio Vicente Marafioti Garnica 61
2011 Joseane Pinto de Arruda. HISTÓRIAS E PRÁTICAS DE UM ENSINO NA ESCOLA PRIMÁRIA: MARCAS E MOVIMENTOS DA MATEMÁTICA MODERNA. UFSC. Cláudia Regina Flores 68
2011 Lucielli M Trivizoli. Intercâmbios acadêmicos matemáticos entre EUA e Brasil: uma golbalização do saber. UNESP. Ubiratan D’Ambrosio 64
2011 LUZIA APARECIDA DE SOUZA. TRILHAS NA CONSTRUÇÃO DE VERSÕES HISTÓRICAS SOBRE UM GRUPO ESCOLAR. UNESP. Antonio Vicente Marafioti Garnica 75
2011 ROSIMEIRE APARECIDA SOARES BORGES. CIRCULAÇÃO E APROPRIAÇÃO DO IDEÁRIO DO MOVIMENTO DA MATEMÁTICA MODERNA NAS SÉRIES INICIAIS: AS REVISTAS PEDAGÓGICAS NO BRASIL E EM PORTUGAL.. UNIBAN. Wagner Rodrigues Valente 87
2010 DAVID ANTONIO DA COSTA. A ARITMÉTICA ESCOLAR NO ENSINO PRIMÁRIO BRASILEIRO: 1890 - 1946. PUC - SP. Saddo Ag Almouloud 79
2010 LAURA ISABEL MARQUES VASCONCELOS DE ALMEIDA. ENSINO DE MATEMÁTICA NAS SÉRIES INICIAIS NO ESTADO DE MATO GROSSO (1920 - 1980): UMA ANÁLISE DAS TRANSFORMAÇÕES DA CULTURA ESCOLAR. PUC - PR. Neuza Bertoni Pinto 61
2010 Luiz HEnrique Ferraz Pereira. Os discursos sobre a matemática publicados na revista do ensino do rio grande do sul – (1951 – 1978). PUC - RS. Wagner Rodrigues Valente 63
2010 MARIA LUCIA PESSOA CHAVES ROCHA. Pelos caminhos das ideias e da existência: a propósito das cartografias de J. T. de Moura Filho . UFRN. Iran Abreu Mendes 61
2010 Zionice Garberlini Martos Rodrigues . O movimento da matemática moderna na Região de Ribeirão Preto: Uma paisagem.. UNICAMP. Maria Ângela Miorim 83
2009 ALEXANDRE MARCOS DE MATTOS PIRES FERREIRA. A CRIAÇÃO DA FACULDADE DE FILOSOFIA, CIÊNCIAS E LETRAS DA USP: UM ESTUDO SOBRE O INICIO DA FORMAÇÃO DE PESQUISADORES E PROFESSOR DE MATEMÁTICA E DE FISICA EM SÃO PAULO. PUC - SP. José Luiz GoldFarb 66
2009 Lúcia Maria Aversa VILLELA. GRUEMA – Uma Contribuição para História da Educação Matemática no Brasil. UNIBAN. Wagner Rodrigues Valente 62
2009 LYDIA ROSSANA NOCCHI ZICCARDI. O CURSO DE MATEMÁTICA DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SÃO PAULO: UMA HISTÓRIA DE SUA CONSTRUÇÃO/DESENVOLVIMENTO/LEGITIMAÇÃO. PUC - SP. Ubiratan D'ambrosio 59
2008 Andréia Dalcin, . Cotidiano e práticas salesianas no ensino de matemática entre 1885 e 1929 no Colégio Liceu Coração de Jesus de São Paulo: construindo uma história. UNICAMP. Maria Angela Miorim 54
2008 Bruno Alves Dassie. Euclides Roxo e a constituição da Educação Matemática no Brasil. PUC - RJ. João Bosco Pitombeira Fernandes de Carvalho 66
2008 GIÁCOMO AUGUSTO BONETTO. Uma constituição histórica (1965-1995) de práticas escolares mobilizadoras do objeto cultural “função” na cidade de Campinas. UNICAMP. Antonio Miguel 67
2008 JOSE DO CARMO TOLEDO. UMA HISTÓRIA DO PROCESSO DE INSTITUCIONALIZAÇÃO DA ÁREA DE ANÁLISE MATEMÁTICA NO BRASIL. UNESP. Sergio Roberto Nobre 76
2008 Liliane dos Santos Gutierre . O Ensino de Matemática no Rio Grande do Norte: Uma trajetória de Modernização (1950-1980). . UFRN. Marlúcia Menezes de Paiva. 78
2008 Maria Carmen Lopes da Silva. A presença da Matemática na formação do professor do Ensino Primário no estado de São Paulo, no período de 1890 a 1930. PUC - SP. Sandra Maria Pinto Magina 75
2008 MOYSÉS GONÇALVES SIQUEIRA FILHO. ALI IEZID IZZ-EDIM IBN SALIM HANK MALBA TAHAN: EPISÓDIOS DO NASCIMENTO E MANUTENÇÃO DE UM AUTOR - PERSONAGEM. UNICAMP. Maria Ângela Miorim 70
2007 Alexandra de Oliveira Abdala Cousin. A Sociedade Paranaense de Matemática sob um olhar da Educação Matemática. PUC - SP. Carlos Roberto Vianna 80
2007 Aparecida Rodrigues Silva Duarte . Matemática e Educação Matemática: a dinamica de suas relações ao tempo do movimento da matemática moderna no Brasil . PUC - SP. Wagner Rodrigues Valente 79
2007 ELENICE DE SOUZA LONDON ZUIN. POR UMA NOVA ARITHMÉTICA: O SISTEMA MÉTRICO DECIMAL COMO UM SABER ESCOLAR EM PORTUGAL E NO BRASIL OITOCENTISTAS. PUC - SP. Wagner Rodrigues Valente 59
2007 Valéria de Carvalho, . Mathematics Education and Society (MES): a constituição de uma comunidade de prática científica internacional. UNICAMP. Antonio Miguel 74
2006 Antonio HEnrique Pinto. Educação Matemática e formação para o trabalho: práticas escolares na escola técnica de Vitória - 1960 a 1990. UNICAMP. Maria Ângela Miorim 87
2006 EDILSON ROBERTO PACHECO. Sobre condição judaica e matemática. UNESP. Ubiratan D´Ambrosio 69
2006 Emerson Rolkouski. Vida de professores de Matemática – (Im)possibilidade de leitura. UNESP. Antonio Vicente Marafioti Garnica 62
2006 Heloisa da Silva. CENTRO DE Educação Matemática (CEM): FRAGMENTOS DE IDENTIDADE. UNESP. Antonio Vicente Marafioti Garnica 78
2006 IVANETE BATISTA DOS SANTOS . EDWARD LEE THORNDIKE E A CONFORMAÇÃO DE UM NOVO PADRÃO PEDAGÓGICO PARA O ENSINO DE MATEMÁTICA (ESTADOS UNIDOS, PRIMEIRAS DÉCADAS DO SÉCULO XX). PUC - SP. MIRIAN JORGE WARDE 70
2006 Romélia Mara Alves Souto. Mario Tourasse Teixeira: o homem, o educador, o matemático. UNESP. Sergio Roberto Nobre 76
2005 Denizalde Jesiél Rodrigues Pereira. HISTÓRIA DO MOVIMENTO DEMOCRÁTICO QUE CRIOU A SOCIEDADE BRASILEIRA DE Educação Matemática - SBEM. UNICAMP. Maria Ângela Miorim 75
2005 GILDA LÚCIA DELGADO DE SOUZA. Educação Matemática na CENP : um estudo histórico sobre condições institucionais de produção cultural por parte de uma comunidade de prática. UNICAMP. Antonio Miguel 80
2005 Plínio Zornoff Táboas. LUIGI FANTAPPIÈ: INFLUÊNCIAS NA MATEMÁTICA BRASILEIRA. UM ESTUDO DE HISTÓRIA COMO CONTRIBUIÇÃO PARA A Educação Matemática.. UNESP. Ubiratan D 'Ambrósio 71
2005 Suzeli Mauro. Uma história da matemática escolar desenvolvida por comunidades de origem alemã no Rio Grande do Sul no final do século XIX e início do século XX. UNESP. Sergio Roberto Nobre 61
2004 ELISABETE ZARDO BÚRIGO. A REFORMA DO ENSINO TÉCNICO SEGUNDO OS PROFESSORES: ADAPTAÇÕES E RESISTÊNCIAS EM DUAS ESCOLAS TÉCNICAS GAÚCHAS . USP. 66
2004 Rosinéte Gaertner. A MATEMÁTICA ESCOLAR EM BLUMENAU (SC) NO PERÍODO DE 1889 A 1968: da Neue Deutsche Schule à Fundação Universidade Regional de Blumenau. UNESP. Antonio Vicente Marafioti Garnica 63
2004 Silvia Regina Vieira da Silva. IDENTIDADE CULTURAL DO PROFESSOR DE MATEMÁTICA A PARTIR DE DEPOIMENTOS (1950-2000). UNESP. Antonio Carlos Carrera de Souza 64
2003 Ivete Maria Baraldi. Retraços da Educação Matemática na Região de Bauru (SP): uma história em construção. UNESP. Antonio Vicente Marafioti Garnica 81
2003 Maria Laura Magalhães Gomes . Quatro Visões Iluministas Sobre a Educação Matemática: Direrot, D'Alembert, Condillac e Condorcet . UNICAMP. Antonio Miguel 66
2003 PAULO ISAMO HIRATSUKA. A VIVÊNCIA DA EXPERIÊNCIA DA MUDANÇA DA PRÁTICA DE ENSINO DE MATEMÁTICA. UNESP. Maria Aparecida Viggiani Bicudo 76
2002 André Luis Mattedi DIAS. Engenheiros, mulheres, matemáticos: disputas e interesses na profissionalização da matemática na Bahia, 1896-1968. USP. Maria Amélia Mascarenhas Dantes 66
2002 Ettiène Cordeiro Guérios. ESPAÇOS OFICIAIS E INTERSTICIAIS DA FORMAÇÃO DOCENTE: HISTÓRIAS DE UM GRUPO DE PROFESSORES NA ÁREA DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA. UNICAMP. Dario Fiorentini 65
1994 Dario Fiorentini. RUMOS DA PESQUISA BRASILEIRA EM EDUCAÇÃO MATEMÁTICA: o caso da produção cientifica em cursos de pós-graduação. UNICAMP. Ubiratan D 'Ambrósio 82
2007 Cristiane Coppe de Oliveira. A sombra do arco-íris: um estudo histórico/mitocrítico do discurso pedagógico de Malba Tahan. Uiversidade de São Paulo. Ubiratan D´Ambrosio 72
2018 Paulo Roberto Castor Maciel. A Matemática na Escola Técnica Nacional (1942-1965): Uma disciplina diferente?. CEFET/RJ. Tereza Fachada Levy Cardoso 0
2018 Rosemeiry de Castro Prado. AS FACULDADES DE TECNOLOGIA DO ESTADO DE SÃO PAULO: um histórico da instituição e aspectos relativos ao ensino de Matemática nela praticado. UNESP. Antonio Vicente Marafioti Garnica 0
2018 Kelly Maria de Campos Fornero Abreu de Lima Melillo. História de práticas de ensinar-aprender matemática no colégio técnico da UFMG – COLTEC (1969-1997). UFMG. Maria Laura Magalhães Gomes 0
2018 Waléria Adriana Gonçalez Cecílio. AVALIAÇÃO DA MATEMÁTICA ESCOLAR: contribuições da Pedagogia da Escola Nova. PUC-PR. Maria Elisabeth Blanck Miguel 0
2019 Alexsandra Camara. Saberes geométricos na educação primária paranaense: elementos das culturas escolares e da formação do cidadão republicano (1889-1946). PUC-PR. Rosa Lydia Teixeira Corrêa 0
2019 Celma Ramos Evangelista. Saberes para ensinar matemática no estágio supervisionado da licenciatura em matemática da UNEMAT –CÂMPUS de Sinop (1990 – 2016). UFMT. Neuza Bertoni Pinto 0
2019 Gabriel Luís da Conceição. Experts em Educação: circulação e sistematização de saberes geométricos para a formação de professores (Rio de Janeiro, final do século XIX). UNIFESP. Maria Célia Leme da Silva 0
2019 Lidiane Gomes dos Santos Felisberto. A pedagogia da escola nova e a concepção de concreto: o ensino dos saberes elementares matemáticos no Paraná (1920-1960). PUC-PR. Maria Elisabeth Blanck Miguel 0
2019 Viviane Barros Maciel. ELEMENTOS DO SABER PROFISSIONAL DO PROFESSOR QUE ENSINA MATEMÁTICA: uma aritmética para ensinar nos manuais pedagógicos (1880 - 1920). USP. Wagner Rodrigues Valente 2
2019 Márcio Oliveira D’esquivel. PRIMEIRAS NOÇÕES DE GEOMETRIA PRÁTICA (1894 -1966): a obra e as mudanças no saber profissional do professor que ensina geometria. USP. Wagner Rodrigues Valente 1